Banner
Usisaúde é uma das quatro melhores do país

A Usisaúde, operadora de plano de saúde da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), recebeu nota máxima no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) 2018, principal avaliação das operadoras de planos de saúde feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A nota 1 colocou a Usisaúde como uma das quatro melhores operadoras de grande porte do Brasil, com o melhor patamar de classificação.

Presente nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul, a Usisaúde administra uma carteira com mais de 160 mil vidas. A operadora atua com um modelo de assistência médico-hospitalar e odontológica.O IDSS faz parte do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS e visa avaliar e aprimorar o desempenho das operadoras de planos de saúde em quatro dimensões: Qualidade em Atenção à Saúde, Garantia de Acesso, Sustentabilidade no Mercado e Gestão de Processos de Regulação.

A nota do Programa de Qualificação é apurada por meio do cálculo da média ponderada dos Índices de Desempenho das operadoras. Das 1.019 operadoras ativas em 2017, 858 atenderam aos requisitos para a divulgação dos resultados. O principal objetivo do programa é demonstrar como o mercado está se comportando com relação às questões assistenciais, sendo um importante parâmetro de avaliação para os beneficiários de planos de saúde. Por meio do IDSS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar avalia anualmente a qualidade das operadoras de planos de saúde do Brasil.

Para o diretor executivo da FSFX, Luís Márcio Araújo Ramos, o desempenho da Usisaúde no IDSS é reflexo da sua excelência e qualidade no atendimento. “Ofertar serviços de qualidade aos nossos clientes é uma das premissas da Usisaúde e obter esse resultado, mesmo em meio aos desafios, nos enche de orgulho, pois reflete o compromisso da operadora. A avaliação positiva é motivo de comemoração para todos os colaboradores que integram o nosso time”, afirma.

Padrão Ouro - Em 2017, a Usisaúde foi a primeira operadora de planos de saúde do interior de Minas Gerais e a segunda do Estado a receber a certificação Nível 1 da Resolução Normativa 277, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), nível máximo que uma operadora pode atingir. Em todo o país, apenas 12 operadoras contam com a certificação. Desde então, anualmente, a operadora vem mantendo a nota e garantindo o padrão ouro.

 
Alunos de enfermagem fazem visita técnica ao HMU

Estudantes do 7º e 8º períodos do curso de Enfermagem da Faculdade Única, em Ipatinga, percorreram as instalações do Hospital Metropolitano Unimed (HMU). No último fim de semana, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o Centro Cirúrgico e a Central de Materiais e Esterilização (CME). Outra visita técnica esta agendada para este sábado (21).

“A visita técnica é uma oportunidade ímpar na vida do aluno e contribui de forma considerável com o aprendizado e ampliação do conhecimento acadêmico. O Hospital Metropolitano Unimed conta com excelente estrutura e tecnologia de ponta, permitindo aliar a teoria vista em sala de aula ao cotidiano da profissão escolhida” explicou Josiane Vilanova, coordenadora de Enfermagem no HMU.

Outra visita técnica, também com alunos do 7º e 8º períodos da Faculdade Única esta agendada para este sábado, (21). A expectativa é que os alunos possam conhecer parte da rotina e da prática hospitalar desempenhada pelos enfermeiros na instituição.

onsiderável com o aprendizado e ampliação do conhecimento acadêmico. O Hospital Metropolitano Unimed conta com excelente estrutura e tecnologia de ponta, permitindo aliar a teoria vista em sala de aula ao cotidiano da profissão escolhida” explicou Josiane Vilanova, coordenadora de Enfermagem no HMU.

Outra visita técnica, também com alunos do 7º e 8º períodos da Faculdade Única esta agendada para este sábado, (21). A expectativa é que os alunos possam conhecer parte da rotina e da prática hospitalar desempenhada pelos enfermeiros na instituição.

 
Moradores de Governador Valadares ajudam a colorir a cidade

Moradores dos bairros Floresta e Santos Dumont II estão ajudando a colorir Governador Valadares. Eles aplicam técnicas de grafite nas vedações da Estrada de Ferro Vitória a Minas, que passa pela região. A iniciativa faz parte do projeto Arte no Muro, uma realização da Vale.

O objetivo do projeto é sensibilizar sobre a importância da vedação como instrumento de segurança ferroviária e fortalecer as relações com as comunidades lindeiras. O espaço recebe imagens que retratam a história e a identidade sociocultural dos moradores.

Em Governador Valadares, as atividades incluem aulas teóricas sobre arte educação e oficina prática de grafite com orientação técnica do artista Pedro Stryper. Os trabalhos tiveram início no último dia 02, e a produção artística será concluída nesta quarta-feira (18), com entrega de certificados para os moradores que participaram da iniciativa.

O resultado será em um painel com 150 metros ao longo do muro de vedação, em Governador Valadares. A estrutura, que já existia no local, reforça a segurança das comunidades próximas e das operações ferroviárias.

O projeto conta com o apoio da Hibridus e da Associação de Moradores e tem como parceiro técnico a Trato Fino.

As imagens irão compor cartões postais, que serão entregues para os moradores, e farão parte de uma exposição na estação de Governador Valadares.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 77

Publicidade

ot visao.jpg