Banner
Construção da ETE termina o ano na Justiça

Aconstrução de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Coronel Fabriciano, que gerou uma grande polêmica no município regada a troca de ofensas entre Executivo e Legislativo, terminou o 2009 na Justiça. A decisão sobre a construção da ETE está nas mãos do judiciário, que suspendeu a construção em segunda instância. O diretor operacional da Copasa, Valério Máximo, disse que a empresa aguarda uma decisão final e mantém sua posição favorável à construção da estação. “A Copasa procura comprovar na Justiça que cumpre com a legislação ambiental e que o melhor local para a ETE é o apontado pela empresa. Continuamos querendo construir a estação”, frisou o diretor. O local pré-definido para construção fica entre os bairros Santa Terezinha e o Mangueiras.

Valério Máximo frisou que esse imbróglio prejudica a população do município e redondezas. “Elas estão sem esgoto tratado. Por isso, tentamos sensibilizar o Legislativo, Executivo e Judiciário, pois vemos discussão em Conpenhague sobre os impactos ambientais do mundo. Todos querem um meio ambiente saudável. É isso que a Copasa busca. Precisamos tratar o esgoto para melhorar qualidade de vida das cidades”, argumentou Valério.

 

Taxa

Na última semana a empresa conseguiu derrubar a liminar que a obrigada a cobrar apenas um terço da taxa de esgoto, calculada sobre 60% da conta. No dia 27 de novembro, por meio de ação impetrada por uma Ong Ambiental de Fabriciano, a Justiça determinou a redução. As contas emitidas desde então contavam com desconto. Mas com a reversão, a empresa voltou a cobrar 60% desde o último dia 17.

 
Metalúrgicos da Arcelor rejeitam terceira proposta

ACampanha salarial 2009/2010 dos trabalhadores da ArcelorMittal continua sem definição. Na última semana, 1.480 metalúrgicos participaram das assembléias no Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Coronel Fabriciano e Timóteo (Metasita), para votar a terceira proposta da empresa. A votação secreta resultou em 830 votos contra e 650 a favor da contraproposta, que previa aumento de 4,5% retroativo a 1º de novembro, Participação nos Lucros de R$ 3.200, mais composição de 70% do salário-base com valor mínimo de R$ 4.200 e manutenção das cláusulas vigentes.

O sindicato apresentou à empresa uma nova proposta que consiste em aumento real 2%, retorno de férias de 95% para todos os trabalhadores, adicional de insalubridade, registro de hora extra mais controlado e discussão da jornada de turno. A diretoria do Sindicato convoca os trabalhadores para nova assembléia nesta terça-feira-29.

 

Usiminas

Na Usiminas o panorama é o mesmo. Nesta segunda-feira-27, as negociações entre o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa) e a Usiminas Mecânica serão retomadas, às 10h, na sede da empresa. Para a oitava rodada de negociações, o sindicato espera receber, no mínimo, uma contraproposta com ganhos reais, abono maior e a criação de uma comissão para avaliar a implantação da jornada de 40 horas semanais.

De acordo com o presidente do Sindipa, Luiz Carlos Miranda, uma nova assembléia será convocada no decorrer da semana caso a UMSA apresente outra contraproposta. “A proposta anterior rejeitada por 64% não será colocada em votação novamente. Se a empresa apresentar uma proposta digna, que valorize os trabalhadores faremos uma nova assembléia com a categoria”, afirmou o presidente.

 
Inscrições abertas para seleção pública na PMT

Estão abertas as inscrições pública para preenchimento de 403 vagas nas áreas de saúde, assistência social e educação da Prefeitura de Timóteo. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas somente até o dia 28 deste mês pelo site www. timoteo.mg.gov.br. As provas serão realizadas no dia 16 de janeiro, às 9h, em locais a serem divulgados no site da prefeitura. A contratação será de até 12 meses, prorrogável por igual período.

Na Secretaria de Saúde, são oferecidas 263 vagas para atender ao Programa de Saúde da Família, Programa Farmácia Popular e Programa de Combate às Endemias. Na educação, são oferecidas 84 vagas para atender ao projeto de educação inclusiva. Na assistência social, são oferecidas 57 vagas para atendimento do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Bolsa Família, Programa de Atenção Integral à Família, Proteção Social aos Adolescentes, Enfrentamento e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e Projovem Adolescente.

 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Próximo > Fim >>

Página 30 de 51

Publicidade

vip m s.jpg