MEC ADIA ENEM 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram na quarta-feira-20, pelo adiamento da aplicação das provas nas versões impressa e digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais. A informação é do próprio Inep e está publicada em nota no site do Instituto. As datas inicialmente previstas para os exames eram dias 1º e 8 de novembro para a versão impressa e 22 e 29 de novembro a digital.

No comunicado, o Inep diz que a decisão levou em conta as demandas da sociedade e as manifestações do Poder Legislativo em razão do impacto da pandemia do novo coronavírus. O Inep avisa ainda que promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem deste ano, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante.  As inscrições para o exame foram encerradas ontem, sexta-feira-22, às 23h59.

Depois de muita resistência à mudança no calendário do Enem, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou as redes sociais para sugerir que o exame fosse adiado. "Diante dos recentes acontecimentos no Congresso e conversando com líderes do centro, sugiro que o Enem seja adiado de 30 a 60 dias. Peço que escutem os mais de 4 milhões de estudantes já inscritos para a escolha da nova data de aplicação do exame", escreveu Weintraub em sua rede social. O ministro ainda completou informando que a participação dos estudantes inscritos poderá ser feita através do site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) de forma "direta, democrática, transparente e segura".

 
Mudanças na diretoria da FSFX e HMC

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX) conta com nova diretoria colegiada, quatro diretores passam a integrar a equipe.

Dr. Salomão Maciel Dias Ferreira ocupava o cargo de diretor-presidente desde outubro de 2019. A função foi assumida durante um período de transição e a nova eleição já estava prevista para este ano. Em reunião do Conselho de Administração realizada na quinta-21, houve uma nova eleição da diretoria e Salvador Prado Júnior foi o nome indicado. Ele assume com a missão de manter a trajetória de constante evolução de uma instituição que tem uma atuação reconhecida publicamente pela excelência dos hospitais e escolas sob sua gestão.

A partir de agora, complementam a estrutura organizacional da FSFX duas novas diretorias: a de Hospitais e a de Soluções em Saúde, Comercial e Marketing. Romolo Gonçalves de Paula segue com novos desafios e novas áreas, e passa a atuar como Diretor Administrativo Financeiro.

As novas diretorias serão assumidas por Marcelo Gouvea Teixeira, que faz parte do quadro da Fundação e assume o cargo de diretor de Soluções em Saúde, Comercial e Marketing, e pelo Dr. Mauro Oscar Soares de Souza Lima, que assume a Diretoria de Hospitais.

A expectativa é que a troca de experiências, o fortalecimento da sinergia e a reciprocidade no aprendizado e experiência entre os novos diretores, e ainda, o apoio de sua instituidora Usiminas gere cada vez mais benefícios e desenvolvimento para a Fundação.

“Agradeço a confiança, e, com o apoio da nossa instituidora, espero contribuir com o time da Fundação, de forma a alcançar os melhores resultados e cumprir os grandes objetivos da instituição. Seguiremos firmes na missão da FSFX de proporcionar mais avanço e excelência a todos que utilizam os nossos serviços”, afirma Salvador Prado Júnior.

 
Novas medidas para deter avanço do coronavírus

Com 60 casos confirmados, em Ipatinga, segundo o boletim epidemiológico divulgado na quarta-feira (20), o governo municipal resolveu adotar uma série de novas medidas para o enfrentamento do Coronavírus e prevenção contra o alastramento do contágio.

Na quinta-feira (21), servidores da secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) iniciaram um processo de interdição de praças e quadras do município, começando pela praça das Mães no bairro Cidade Nobre. A medida se faz necessária para evitar que avanços na flexibilização e nas ações de prevenção sofram retrocessos em consequência de aglomerações indevidas nestes pontos, segundo o governo municipal.

O fechamento das quadras é acompanhado do desligamento da iluminação. Além da Praça das Mães, as quadras da praça do Vale do Sol e do Veneza II, no antigo campo do bigode a iluminação foi desligada, assim como nas quadras da avenida Zita de Oliveira, no Novo Centro.

Segundo a Prefeitura, novos pontos poderão ser interditados caso sejam verificadas aglomerações.

Agências Bancárias

Em reunião realizada com gerentes de agências bancárias do município, na quinta-feira (21), foi acordado com os representantes das agências que sejam disponibilizados produtos para higienização das mãos, como o álcool em gel, na área externa dos bancos, por causa do tempo de espera dos clientes nas filas. O mesmo deverá ser feito no espaço reservado aos caixas eletrônicos. Foi solicitado que sejam feitas mais demarcações de cor visível nas áreas externas, com distância mínima de dois metros, e que na área interna dos bancos seja respeitada a capacidade de uma pessoa por 5m², evitando aglomeração. A Prefeitura irá intensificar as fiscalizações para que sejam cumpridas todas as determinações previstas nos decretos e que já são de conhecimento das instituições bancárias.

Um dos principais questionamentos dos representantes dos bancos foi em relação à dificuldade de manter a organização das filas em virtude da resistência de muitos clientes. “Em caso específico de desobediência ao que foi colocado como medida sanitária, a Polícia Militar pode ser acionada pelo 190. E estas pessoas que estão trazendo transtornos serão conduzidas. Será feito o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e os infratores irão responder pelo crime previsto nos artigos 268 e 330 do Código Penal”, disse o comandante do 14° Batalhão da PM, tenente-coronel Lemos Dias, que também participou da reunião.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 111