Banner
Esportes


ESPORTES

 
ESPORTES

 
Mano Menezes não é mais o técnico do Cruzeiro

O anúncio foi feito pelo próprio treinador no fim da noite desta quarta-feira em entrevista coletiva no Mineirão, ao lado do gerente de futebol, Marcone Barbosa, e do diretor de futebol, Marcelo Djian, após a derrota por 1 a 0 para o Internacional, pelo duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

São 18 jogos e uma vitória. “No futebol isso não se sustenta", declarou o treinador. De acordo com Marcelo Djian, a decisão pela saída de Mano foi tomada em conjunto com a diretoria. O técnico Mano Menezes foi vaiado por parte da torcida do Cruzeiro durante o jogo contra o Internacional.

 

 
Cruzeiro goleia o Galo e encaminha classificação

O Cruzeiro surpreendeu desde que entrou com Pedro Rocha no lugar de Fred e teve uma postura diferente em campo, com mais atitude derrotou o Galo por 3 a 0 na primeira partida das quartas de final pela Copa do Brasil, na  noite de quinta-feira 11, no Mineirão.

O time celeste abriu a contagem aos 11 minutos, quando encaixou o seu primeiro ataque, num belo chute da entrada da área, depois de dar um corte no Elias, Pedro Rocha acertou o ângulo de Vitor para fazer 1 a 0.

O segundo gol saiu depois de um passe errado na saída e de bola do Atlético, e Igor Rabelo vacilou e a bola sobrou limpa para Pedro Rocha que na velocidade deixou o zagueiro para trás, driblou Vitor e tocou de bandeja para Tiago Neves livre empurrar para o fundo do gol. O Galo sentiu o gol, já estava desorganizado após levar o primeiro gol. Na segunda etapa o Atlético voltou com uma proposta de se lançar ao ataque, mas foi novamente surpreendido com o contra-ataque do Cruzeiro, e aos 9 minutos, Robinho arriscou da entrada da área a bola foi rebatida pela defesa e voltou pra ele, que na segunda tentativa pegou o Victor no contrapé que voltava da lance anterior e não teve como defender. Robinho dava números finais à partida. O Cruzeiro recuou e passou a atuar nos contra-ataques. Mais organizado principalmente no setor de criação, no meio campo, administrou a vantagem até o fim do jogo. Com a expressiva vitória, o Cruzeiro saiu na frente no mata-mata, com  uma vantagem considerável, encaminhou a sua classificação. Para reverter, o Galo terá que vencer por 3 a 0 e levar a decisão para os pênaltis ou fazer 4 gols de diferença para se classificar. O jogo de volta no Independência será na próxima quarta-17. Ambos voltam a jogar neste fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro recebe o Botafogo, domingo, no Mineirão, às 16h, e o Atlético enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, às 19h, usando um time alternativo.

 
Força ao Adilson

O departamento médico do Atlético confirmou oficialmente em coletiva de imprensa, dessa sexta-feira, o fim da carreira precoce do volante Adilson, 32 anos, devido a um problema cardíaco.

O atleta encerra o seu contrato como jogador profissional e vai ocupar um cargo dentro da estrutura de futebol do clube, vai continuar trabalhando no Galo.

“O Cruzeiro lamenta e manifesta a sua solidariedade ao atleta Adilson, do Atlético, que hoje encerrou de forma precoce a sua carreira”! Essa foi a postagem do Cruzeiro em suas redes sociais.  Parabéns ao Cruzeiro pelo post. Deixou de lado a rivalidade que cerca os dois gigantes do futebol mineiro e brasileiro, para manifestar a sua solidariedade e de todos os seus jogadores.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 13