Banner
Parabolica


Parabólica

Escândalo I

Esta semana o ex-prefeito de Timóteo, Anchieta Poggiali, foi alvo de matéria jornalística dando conta da sua condenação pelo Ministério Público onde foi denunciado por contratar consultoria ilegal durante o seu governo, em 1997. A pena é de seis anos de detenção. Ele, à época, ignorou o artigo da Lei de Licitações. O município gastou com dois contratos cerca de R$ 93 mil. O valor máximo para dispensa de licitação era de aproximadamente R$ 2 mil. Anchieta atualmente é Diretor Regional de Saúde, órgão responsável pelo setor em 35 cidades da região. O ex-prefeito se defende dizendo: “Estou tranqüilo, pois o processo está prescrito em relação à data do fato, que foi em 1997. Estamos certos de que a sentença será 100% revertida”. Falou e disse!

 

Escândalo II

O Palácio do Planalto ainda não investigou a utilização do chamado cartão de crédito corporativo pelos integrantes do primeiro escalão. Esse escândalo tem proporções de fazer inveja aos irmãos metralha. O Cartão Corporativo da Presidência da República gastou no mês passado em torno de R$ 5 milhões, aproximadamente R$170 mil, por dia. Segundo nota publicada na coluna do Acyr Antão, no jornal Edição do Brasil, de sábado passado, esse cartão seria a forma mais desburocratizada de fazer compras de alimentos ou materiais de limpeza para os Palácios freqüentados pela família do presidente.

 

Dobradinha

Em Contagem, circula pelos bastidores da política local que o Newtão (Newton Cardoso) está de volta. E sabe com quem ele fará dobradinha, ou melhor, dobradão? É com a ex-mulher, Maria Lúcia, nas eleições de 2010. Ele para federal, e ela para estadual. Depois da separação do casal entre tapas e beijos, ataques e acusações, varre-se tudo para debaixo do tapete e fica tudo como dantes no quartel de Abrantes. Política é isso aí! O inimigo político de hoje, é o seu aliado de amanhã; o aliado de hoje é o seu inimigo político de amanhã.

 

Sem clima de Natal

Uma pena que uma cidade do porte de Ipatinga com um comércio hiper desenvolvido, cidade pólo, situada numa região rica, que tem em torno de si, dezenas de cidades que mantem vínculos de emprego e renda, vida social, cultural, econômica, prestação de serviços e outros centralizados nela, não tenha entrado no clima de Natal. A cidade não tem nenhuma ornamentação natalina. Uma pobreza! Nenhuma rua do centro, dos bairros, praças, prédios, árvores. Nada, nada. Até parece que não teremos Natal. Esse era o quadro até ontem (sexta-18) antes de fecharmos essa edição. Que coisa! Ô luta! Diria o nosso humorista Francismar, do Show Riso.

 

Natal em Fabri e Timóteo

Nessas duas cidades a população sente o clima de Natal, pois a decoração natalina está presente em ambas. Em Timóteo vários pontos turísticos estão iluminados, ornamentados. Em Fabriciano locais de destaque receberam enfeites natalinos. É isso aí, “cada qual com o seu cada qual”.

ooo

 

18/12/09

 
Parabólica

Som volante

Não tem coisa mais desagradável é você acordar com aquele som de propaganda de carro volante, com aquela vozinha feminina chata, anunciando ofertas de supermercado. Ô luta! A bagunça começa bem cedo, passam várias vezes na mesma rua. O que pode ser positivo, acaba virando negativo. De incômoda, a propaganda pode se tornar uma aversão e a gente não querer nem ouvir falar dessa ou de outra oferta. (Reclamação de uma leitora, ao telefone na manhã de quinta-feira, em nossa redação).

 

Ipatingão

Ufa! Ótimo para todos. O Ipatingão recebeu as cadeiras, agora passa por uma reforma geral na troca de gramado, reforma dos vestiários e demais dependências. Parabéns para o Robson Gomes, prefeito interino. Todas as torcidas agradecem. O nosso cartão postal é o nosso orgulho! Um Salve especial para o Robson, diria o Zina!

 

Cocô de cachorro

É desagradável quando na sua calçada você depara com o cocô de cachorro. Aquela madame que sai pra passear com seu totó ou com a sua Lulu e deixa que o animal faça a sujeira na calçada de outras pessoas. A boa educação manda que caso isso ocorra, a pessoa dona do cão esteja com uma sacolinha para recolher as suas fezes. Mas não é o que temos visto. (de uma leitora antenada)

 

“Brincando” com as pulseirinhas

A nova moda entre os adolescentes agora são as pulseirinhas coloridas, mas o que a maioria dos pais não sabem (muitas crianças e adolescentes também não) é que elas servem de “brincadeira” entre eles. Quem está usando tem que aceitar a brincadeira. Cada cor tem um significado. Um vai puxando a pulseira do braço do outro até rebentar. Se o menino (a)  consegue rebentar a pulseira, o outra paga uma prenda, que vai de um simples beijo ao sexo.

 

Segurança nas ruas

Mês de muita agitação nas ruas dos centros comerciais. Movimentação intensa e a Polícia Militar redobrou a segurança, com dupla de soldados em cada esquina, ponto estratégico. Vigilância motorizada e a cavalo para manter a ordem e a segurança da população nessa época do ano. Também foram instaladas ontem 10 câmaras do Olho Vivo, no Centro de Ipatinga. Mas mesmo assim fique atento com trombadinhas, golpe do achadinho, do bilhete, do cheque perdido etc.

 
Parabólica

Cidadania

Causa decepção, mal estar, a escolha e indicação por parte dos vereadores, de nomes de postulantes ao título de Cidadão Honorário de Ipatinga. Quando assistimos a determinados vereadores declinarem suas opções meramente políticas e interesseiras, para fazer média. Há muitas pessoas que prestam memoráveis serviços às comunidades, classes assistenciais, serviços voluntários, e até mesmo profissionais, ficam de lado, na insignificância. Aqueles que mantêm na cidade negócios empresariais com geração de emprego e renda e não têm o mínimo reconhecimento do Legislativo. Um absurdo! Esse negócio de dar título de cidadania para quem chegou “ontem” na cidade é o cúmulo do puxa-saquismo. Plagiando Boris Casoy; “isto é uma vergonha”, senhores vereadores. Falta de critério, de consciência, de senso crítico. Nada pessoal contra esta ou aquela pessoa que vai receber a honraria. Mas tira o brilho, o mérito de pessoas que há anos trabalham para uma Ipatinga melhor. Dezenas de munícipes que merecem ter este título há muitos anos e não são lembradas. Pesquisem antes, solicitem ajuda, estudem, busquem as origens das pessoas, os seus históricos.

 

Itabira

Na edição passada a coluna focou uma nota sobre a cidade do minério, onde uma leitora nos dava conta da ornamentação de Natal com garrafas pet. Que a cidade estava toda linda, no clima de Natal. A nossa leitora que é de lá, e reside aqui há muitos anos, se chama Marlene Pinheiro e ficou orgulhosa com o registro da mensagem que ela nos passou sobre o fato. Muitos leitores queriam saber o nome da leitora. Merecia a citação do nome, o qual estamos fazendo. Aplausos!

 

Rivalidade de sobra

A rodada final do Campeonato do Brasileiro de Futebol está fervendo. A decisão do título entre Flamengo e Grêmio, no Maracanã. Se vencer a partida, o Mengão é campeão. Já o Internacional tem que vencer o Santo André e torcer para que o rival Grêmio não perca para o Flamengo. Vai ser duro ver os gremistas torcendo por uma vitória do Mengão. A rivalidade é tanta que a torcida tricolor está literalmente vestida de rubro-negra. Amolecer o jogo no sentido de entrega total do jogo, ou melhor, fatal para não ver o colorado campeão. Onde será que a mala branca vai estar? O Palmeiras com chances remotas confia na sua vitória sobre o Botafogo e na mala branca, quer dizer na zebra, derrotas de Inter e Flamengo, para ser campeão. Quem termina na frente, Cruzeiro ou Galo?

 

Corrupção

Dinheiro na cueca, na meia, na bolsa, nos bolsos e sei lá mais aonde. Depois que o presidente Lula disse que ‘’a imagem não fala por si” quando a TV mostrou os corruptos embolsando dinheiro, propina da grossa, nada mais a declarar com relação a corrupção no Brasil. Uma fala infeliz do presidente. Ela acaba de “oficializar” a corrupção. Ufa! Vale lembrar o velho ditado: Uma imagem vale mais do que mil palavras, e ponto final.

 
Parabólica

Dia Nacional da Cachaça

O produto destilado da cana-de-açúcar é um dos símbolos do povo brasileiro. O aguardente muito apreciado por todas as classes, ganhando a cada dia mais a preferência entre as classes A e B, pela sua qualidade. Presença obrigatória em todas as grandes festas, a cachaça é apreciada com moderação, sua degustação entre as personalidades empresariais e autoridades é notória. A Comissão de Educação da Câmara aprovou a criação do Dia Nacional da Cachaça. A data escolhida para se celebrar a pinga é 13 de setembro, sendo que nesse dia, em 1661, conta a história, ocorreu a “Revolta da Cachaça”: produtores de cana-de-açúcar do interior do Rio de Janeiro fizeram uma rebelião para derrubar o decreto da Corte Portuguesa que proibida o comércio da cachaça.

 

Trânsito violento

Sempre a coluna está destacando e advertindo os usuários de duas rodas (motociclistas e motoqueiros) para os perigos no trânsito. Todo dia morre pelo menos um desses, em Ipatinga, vitimado de acidente de trânsito. É preciso ter consciência na direção de motos e demais veículos. A realidade mostra que a vida não tem “replay”. Portanto, você que está na direção de uma moto, tenha cuidado, não abuse, respeite as Leis de Trânsito, dirija com prudência, seja responsável.

 

Natal em Itabira

A vizinha cidade do minério está dando exemplo de ornamentação natalina. As ruas, avenidas, praças estão lindas com enfeites de natal com material reciclável de garrafas pet. Portal de entrada das ruas, as árvores todas decoradas, enfeites lindos e criativos. Segundo uma leitora do Classivale, que é de Itabira e reside em Ipatinga, a terra de Carlos Drummond de Andrade não está se sentindo um retrato na parede, mas uma paisagem natalina. Um exemplo que pode ser copiado pelas nossas cidades aqui do Vale do Aço.

 

Confraternizações

O mês é mesmo de festas, dezembro é sinal de confraternização. É muito bonito esse tipo de reunião com amigos, funcionários, parceiros. É tempo de refletirmos também o que de bom realizamos durante o ano, o que fizemos de importante para o nosso próximo. Como foi a nossa atuação na sociedade, na nossa comunidade, na nossa empresa, em nosso lar, em nossa família. O balanço das nossas atividades profissionais e pessoais em destaque na nossa mente de reflexão. Que cada um reflita ao seu modo!

 

DENGUE

Ipatinga está entre as dez cidades do país que corre risco de sofrer uma epidemia de dengue. Os dados são do Ministério da Saúde. A base da pesquisa foi o Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (LIRAa); O Preconizado pelo Ministério da Saúde é menos 1%, em Ipatinga o índice é de 4,2%. Com a dengue não se brinca. É preciso intensificar a campanha de combate aos focos e o fumacê para matar com o mosquito.

 
Parabólica

Tempestade Vale do Aço na segunda
A região do Vale do Aço foi atingida por uma tempestade de forte intensidade no final da tarde desta 2ª-feira-09/11, que derrubou árvores em vários bairros das cidades de Ipatinga e Coronel Fabriciano, além de outras cidades da região como Timóteo, Jaguaraçu, Marliéria, Antônio Dias, Ipaba, Naque e Periquito.
Em conseqüência da queda de árvores e objetos que atingiram a rede elétrica houve falta de energia nestas regiões, cujo atendimento foi disparado imediatamente às ocorrências.
Aproximadamente 57 mil instalações ficaram sem energia durante a tempestade, sendo que cerca de 95% deste total foi restabelecido ainda durante a noite da 2ª-feira. Diversas equipes trabalham para o restabelecimento da energia aos demais clientes, sendo que a prioridade é a eliminação de riscos de acidentes com a população devido a grande quantidade de fios condutores rompidos por árvores e outros objetos lançados à rede elétrica por força do vento. A Cemig mobilizou diversas equipes para o restabelecimento das regiões atingidas, cujo contingente mobilizado foi composto por mais de 15 equipes de restabelecimento, totalizando cerca de 50 eletricistas, 10 técnicos e 03 engenheiros. É assim que se deve prestar um bom serviço.

Rodovia 458
Av. Cláudio Moura
Atenção redobrada para quem vem por esta via, sentido Cariru centro. Os veículos que entram na rodovia vindo das ruas Varginha, Pouso Alegre, Juiz de Fora, Poços de Caldas, levam pânico aos motoristas que estão trafegando com certa velocidade pela BR (Av. Cláudio Moura). Os motoristas que saem dessas ruas entram com tudo, sem esperar, entram na frente, colocando em risco a vida dos outros, por pouco não provocam graves acidentes. É preciso ter mais atenção, respeitar a preferência para não morrer ou matar.
Tigrinho ou gatinho?
O Ipatinga está numa situação dificílima na Série B, quase caindo para a Série C. Da mesma forma que ele caiu no Mineiro e no Brasileiro de 2008, muitos não acreditaram nessa possibilidade, alguns mais apaixonados da crônica, também diziam que o time não caía. Pois é: caiu. Agora a história se repete. Os dirigentes, por mais que negaram durante a competição, já enxergam a realidade. O fantasma da Série C está vivo. O elenco é péssimo. De nada adiantou a troca de treinadores, Marcelo Oliveira, Emerson Ávila, Evaristo e agora Flávio Lopes. E agora José? Quem poderá me salvar? O jogo de hoje contra o Atlético de Goiás é o tiro de misericórdia, se ganhar mantém a esperança, a luz acessa; se perder, vê o inferno da famigerada Série C.

Os cornos de Lagoa da Prata
Uma lista publicada no Orkut, contendo nomes de pessoas infiéis no relacionamento amoroso (casais), na semana passada na internet deu o que falar em Lagoa da Prata, cidade da região central do Estado. Os nomes com os seus respectivos cornos causaram muito alvoroço na cidade.  A justiça foi acionada e os criminosos, por assim dizer, estão sendo investigados e o site retirado do ar por determinação da justiça. As supostas infidelidades dos amantes dessa lista de Lagoa da Prata e seus cornos, estão deixando muita gente de outras cidades com a pulga atrás da orelha, inclusive por estas bandas daqui. SE A MODA PEGA... 
Já no Rio de Janeiro “Solene Corno” – Essas e outras expressões no mínimo curiosas, foram usadas por um juiz numa sentença do 1º Juizado Especial Cível. A decisão foi dada em um processo em que o marido traído acusa o amante de sua mulher de calúnia e ofensa à honra e pede danos morais. O magistrado julgou o pedido improcedente e o processo arquivado.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 Próximo > Fim >>

Página 1 de 5