Banner
Parabolica


Parabolica

CIDADANIA HONORÁRIA
Também estou com o Classivale na opinião sobre esta questão de cidadania honorária. Os critérios devem ser melhor observados. Com relação ao cheque de R$1,3 milhão entregue pela Câmara ao prefeito Robson Gomes para início do projeto Olho Vivo não se refere a 2008. Isso é apenas uma parte do que está sendo economizado neste período da gestão Nilton Manoel. Aliás é dele a proposta da implantação da vigilância eletrônica na cidade, anos atrás, quando alguns parlamentares achavam que isso era utopia. Se puder, para esclarecer ao seu leitor, ficaremos gratos. Joel Souto - ACS - AMVA.

Curiosidades
Você sabia que a primeira mulher que chegou a Ipatinga foi Efigênia Queiroz? E que a primeira adolescente que chegou em Ipatinga foi Isaura Maria de Lima - Dona Naná, em 1934, e que mais tarde se tornaria a primeira mulher mãe, de Ipatinga? Que o primeiro casamento registrado no cartório de Ipatinga foi do casal Elviro da Silva e Maria do Carmo Silva, livro 1, folha 1, dia 29/05/55? Que um dos construtores das primeiras lojas da Av. de abril, foi José Andrade?

A chapa tá esquentando
A partir de hoje, nas ruas, bairros, praças, rodinhas de amigos, aposentados, curiosos, trabalhadores em seus setores diversos, nas escolas, repartições públicas, na esquina dos aflitos, por toda parte, só se fala de política, candidatos, eleições! Com o calor que está acima dos 30 graus, temperatura comum na cidade, é certo que o termômetro vai subir nos próximos dias, a chapa vai esquentar de vez!

Ambulantes
Está crescente cada vez mais o número de vendedores ambulantes em Ipatinga. No centro e em vários bairros, a cada esquina um vendedor. No bairro Horto, no período da noite, próximo à Faculdade Pitágoras, as ruas estão tomadas de barracas e carrocinhas com topo tipo de comida e lanches, bebidas, muitas das quais, sem o mínimo de higiene. A reclamação parte dos comerciantes instalados na área que pagam impostos e obedecem as exigências da Vigilância Sanitária. Tá dado o recado. Alô alô vigilância municipal, alô fiscalização.

Das trevas à Luz
Morador agradece a Cemig pela troca de lâmpadas na avenida Galiléia, no bairro Canaãzinho. O leitor Joaquim Bento, há algumas semanas, pediu socorro aqui na coluna reclamando sobre a precária e deficiente iluminação na avenida Galiléia. Elogiou a mudança e lembra que na rotatória próximo à praça e na rua Jó, também carecem de trocas de lâmpadas. Sugeriu uma iluminação especial nos viadutos da cidade. Fica registrado o seu agradecimento à Cemig pelo trabalho. Iluminação também é segurança pública.

Manchete de um jornal local
“Caminhão que transportava cavalos capota na Rio-Bahia: três feridos vão para HMC”.

 
Parabólica

Pane telefônica é investigada pela Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) iniciará uma investigação para apurar os verdadeiros motivos do apagão que os telefones fixos e celulares da região na última terça-feira-9. Durante três horas, os telefones ficaram mudos gerando vários transtornos em bancos, empresas, hospitais e serviços de emergência como polícia e bombeiros. A Anatel informou que depois da análise do caso ela poderá autuar e até multar as empresas, de acordo com os regulamentos da agência. Conforme o órgão, o ressarcimento deve ser proporcional ao valor da tarifa ou preço da assinatura, considerando todo o período da interrupção do serviço.

 

Cidadão honorário

A Coluna recebeu esta semana muitas mensagens no correio eletrônico sobre a nota aqui publicada, entre elas o seguinte comentário feito pelo leitor Paulo Roberto Malta, ex-presidente da Liespe, cronista esportivo e funcionário da Usiminas, a respeito da nota publicada na edição passada sobre Cidadania Honorária, a qual publicamos abaixo:

“Com referência a sua citação na coluna do último sábado (05/09) concordo plenamente com a sua colocação, pois estão brincando com a cidade, ceder o título de cidadão honorário a pessoas que nunca fizeram nada pela cidade, é uma total falta de respeito com outros cidadãos desta cidade, vc citou a autora do Hino a Dona Bizuca, que além disto foi professora e diretora da escola Manoel Izídio por muitos anos, venho levantando esta bandeira, mas também acredito que outros pioneiros são culpados pela situação, pois ninguém se manifestou, somente o pioneiro que estava presente, é que resolveu lutar pelos seus direitos. Para que precisamos eleger Hélio Costa como cidadão honorário desta cidade? Sr. Mário de Oliveira também, qual a razão? É preciso critério, se houvesse credibilidade entre os políticos, a câmara municipal através de um projeto, poderia criar uma comissão para estudar estas indicações, ter critérios. Parabéns pela matéria”.

 

Tempo fervendo na política

O tempo virou, fechou, ferveu na quinta-feira-10 no Diretório do PT. A escolha do nome de Lene Teixeira por goleada, 18 x 0, para ser a candidata do partido nas novas eleições derrubou o grupo Ferramenta, que tinha indicado a deputada Cecília.  Inconformados com mais uma derrota, os apoiadores saíram cuspindo marimbondo, falando gatos e lagartos, só faltaram tapas. A estrela segundo alguns adversários não rachou, trincou.

 

Timóteo

A vereadora Guaraciaba pode entrar para o livro dos recordes, Guinnes Book, deu posse pela 10ª vez a prefeitos em menos de cinco anos. Já o Sérgio Mendes bateu o recorde de permanência, 14 horas no cargo. O entra e sai em Timóteo pode continuar, pois liminares e pedidos junto ao TRE são muitos. A cidade não mercê isso!!! Parece Brincadeira!

 
Parabólica

Agressão ao menor

Causou um misto de dor e revolta a agressão sofrida por um menor no bairro Cariru. Um menino pobre, lavador de carros e engraxate, que todos os dias deixava a sua casa no Caladinho, em Fabriciano e vinha buscar o seu sustento em Ipatinga, nos bairros de classe alta. Não se sabe se o menor tem passagens pela polícia por furtos. A história é complicada e tem os dois lados. Este menor teria praticado vários furtos no bairro, e desafiando alguns adolescentes. Ameaçando brigas anteriores com alguns. Nesse dia, o menor estaria supostamente com um produto de um furto, uma bicicleta, quando foi pego com a mesma e agredido por outros cinco também menores residentes no bairro. Bateram no engraxate com um taco de beisebol, quebrando uma de suas pernas, causando-lhe outros ferimentos pelo corpo. Um ato de covardia que não pode passar impune. Se o engraxate, lavador de carros, praticava atos ilícitos não seria o caso de denunciá-lo à polícia? Esse episódio terá que ser melhor esclarecido.

 

Cidadania Honorária

Causou espanto, indignação e muito bate-boca no plenário do Legislativo ipatinguense a indicação do nome do pastor e deputado Mário de Oliveira, para receber o título de cidadania honorária da cidade. A indicação partiu do vereador Nilson Lucas. Um ator presente à sessão, protestou chamando a atenção do público e quebrando a rotina da câmara. Outro pioneiro e que havia recebido o título de Cidadão Honorário também se sentiu desprestigiado, ao saber do nome do indicado, para ele não é merecedor de tal homenagem. Segundo o vereador dono da idéia, o seu homenageado é responsável pelo Sermão da Montanha, na Semana Santa, realizado no Novo Centro assistido por milhares de fiéis.

Quantas pessoas que fizeram e fazem o dia-a-dia da cidade de Ipatinga, que ajudaram a construir a cidade, que vivem nela há mais de 30 anos, que participam ativamente do seu desenvolvimento com prestação de serviços,... ainda não foram lembrados? Pessoas que representam muito mais em todos os segmentos da sociedade. Será que alguém que educou várias gerações, que fez o hino de Ipatinga, que com seu marido foram pioneiros, que gerou filhos e deu a cidade professores ilustres... não merece ser cidadã honorária? Poxa, vida! É brincadeira. Desconhecer a história da cidade e sua gente é duro! É vergonhoso! Não há respeito pelas pessoas que dão a vida por Ipatinga, lutam bravamente pela cidade. Não há coerência na escolha e indicação de nomes. Há nisso uma questão política, de fazer média com fulano ou beltrano, puxa-saquismo exagerado, uma falta de respeito ao verdadeiro cidadão ipatinguense.

O titulo de Cidadão Honorário deveria e deve ser mais valorizado, respeitado, levando-se em conta, aqueles que foram merecedores da homenagem, para não depreciá-los. Essa importante honraria não pode ser vulgarizada, perder o seu real valor e significado.

Que decepção sente o povo de Ipatinga quando tem conhecimento de tais nomes indicados para receber essas homenagens. Não se pode dar a qualquer um, sem critérios e valor reconhecido, um título de filho da terra.

 
Parabólica

Alerta na BR 381

Com a implantação da tubulação da rede do gasoduto pela Gasmig, na BR 381 (avenida Pedro Linhares), os motoristas que trafegam no sentido Cel. Fabriciano Ipatinga devem ficar atentos, pois em determinados trechos está sendo utilizado apenas um lado da pista. Com o estrangulamento da mesma, o motorista deve reduzir a velocidade e usar o bom senso, principalmente cedendo espaço para os veículos que deixam o Shopping e o posto de combustível anexo, para retomar a rodovia. Muita cautela nessa hora. Evitar acidentes é dever de todos.

 

Mototaxistas

Os usuários das duas rodas, profissionais que utilizam a moto para entregas, serviços de mototáxi e outros afins, ganharam um sindicato, que começa a funcionar a partir da próxima semana. Com a implantação desse sindicato, espera-se que a classe seja bem orientada no uso do veículo, dos perigos que essas máquinas representam, quando são mal utilizadas (dirigidas). Um plano de conscientização dos pilotos quanto ao trânsito e suas leis, deve ser também o papel de orientação, educação e instrução aos seus associados. É o que espera a sociedade.

 

Eleições

O TRE/MG marcou novas eleições para Ipatinga, todo o processo já foi divulgado, em segunda instância. Será em 18 de outubro. A juíza já convocou os mesários das três zonas eleitoral da cidade. Faltam os candidatos. O prazo para inscrição de candidatos majoritários vai dia 18 de setembro. No TSF e TSE recursos de Chico Ferramenta e Sebastião Quintão; o primeiro mais votado nas eleições não pode tomar posse porque não tinha registro, já o segundo mais votado tomou posse e foi afastado um mês depois. O presidente da Câmara Robson Gomes foi empossado como prefeito interino pela justiça. O imbróglio, termo muito usado na mídia se arrasta. Todos de olho nas instâncias superiores com os recursos para serem julgados. Até lá, prevalece a decisão do TRE, novas eleições. A qualquer momento o quadro pode mudar. A população só aguardando. Enquanto isso os partidos políticos já se movimentam colocando nomes e alianças em discussão. Na vizinha Joanésia, mais uma reviravolta. Cassados por abuso do poder econômico na disputa da reeleição em 2008, Denilson Andrade e Rita de Cássia, através de liminar, reassumiram os cargos de prefeito e vice, na tarde de quarta-26. Eles haviam sido cassados por uma Ação de primeiro grau de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) movida pelo PC do B de Joanésia, que durou apenas 24h. Pelo andar da carruagem, ou pelo batido da lata, muita coisa ainda está para acontecer.

 

Tricolor

O Fluminense, tantas vezes campeão e que já esteve na Terceirona brasileira, está com a lanterna ligada. Luz vermelha acessa. O Fluzão já vê a vaga deixada pelo Vascão, cada dia mais próxima das Laranjeiras. Só para lembrar, Renato Gaucho caiu com o Vasco ano passado; tomou duas porretadas do Tigrão, uma dirigindo o Flu e outra no mesmo ano com o Vasco, ambas no Ipatingão.

 
Parabólica

Call Center

Criado para obter informações, reclamações, e todo tipo de serviço oferecido pelas empresas, nem sempre andam ajustados com o consumidor que está amparado por lei, nestes atendimentos. Como no país nada funciona de acordo com as leis, as chamadas “Call Center” não obedecem o tempo previsto e as pessoas ficam minutos no aparelho telefônico a espera de um atendimento. Com o serviço digital, aquele vozinha que lhe proporciona opções: “para tal serviço digite 1 para... digite 2...

Até aí vai bem. Digitou e cadê o atendimento? Linha ocupada, chamando e ninguém atende até desligar. O mais comum é você ouvir a frase: “No momento todas as linhas desse serviço estão ocupadas. Tente novamente mais tarde”. O campeão desse serviço é o Call Center da Astro Net. É duro! Ô luta! Sua internet está fora do ar, não tem conexão e você não consegue falar quando liga no 0800. O que você houve é a frase acima.

 

Trânsito louco

Com a campanha de trânsito nas ruas, a orientação aos pedestres, motoristas, motociclistas, através da mídia, panfletagem na ruas, nas escolas, palestras, todo o tipo de informação aos motoristas, motociclistas e pedestres parecem não ser suficiente para evitar acidentes. É que alguns irresponsáveis continuam abusando no trânsito. Na quinta-20, no cruzamento das ruas Mariana e Diamantina, no centro de Ipatinga, dois motociclistas colidiram suas motos, numa autêntica cena de filme. Ambos ficaram no chão a espera do atendimento do Samu. Motoqueiros que entram de qualquer jeito, da maneira que eles vem, nem olham, seguem em frente, não param, avançam e provocam o acidente. Ultrapassam pela direita, enfiam as motos no espaço mínimo, entre um carro e outro e seguem. Motoristas que avançam o sinal num ato de total irresponsabilidade. O pedestre por sua vez, ao atravessar a rua deve ficar atento, olhar para todos os lados, passar na faixa para sua segurança. Nesse quesito, muitos nem olham quando vão atravessar a rua. Com toda displicência, caminham como se nada fosse acontecer. O transeunte deve andar no passeio, no canto da rua, olhar para os lados ao atravessar.

Educação no trânsito, só com o tempo e com as seguidas campanhas educativas, na mídia, nas ruas, nas escolas, nas igrejas, nos clubes de lazer e serviços. Com isso todo mundo perde, os seguros de carros e motos aumentam de preço a cada dia, por causa do alto índice de acidentes na cidade.

 

Polêmica da Apac

A ressocialização dos detentos vem sendo tratada de forma peculiar pela Associação de Proteção e Assistência aos Condenados - Apac, vem encontrando muitas resistências de moradores de diversos lugares, bairros, onde as áreas estão disponibilizadas pela prefeitura, para construção do imóvel que abrigará os detentos. Mesmo sem conhecer o projeto que vem dando certo em outros lugares, permitindo a volta e a convivência natural com a sociedade, a instalação da Apac em Ipatinga virou uma novela que certamente terá muitos capítulos. Quando o local é escolhido, favorável a instalação da Apac, encontra resistências de moradores. A juiza da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Ipatinga, Marli Braga Andrade, espera que em breve essa situação seja resolvida e o Projeto Apac seja de fato instalado na cidade.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 Próximo > Fim >>

Página 4 de 5